Valentine’s Day – O que é? Tradução, Significado, História, Data


No Brasil é comemorado o dia dos namorados no dia 12 de junho, diferentemente da maioria dos países do mundo. Isso porque a maioria dos outros países comemora o  Valentine’s Day, também conhecido como o Dia de São Valentim.

O fato é que sempre há uma certa confusão entre essas datas e tem até alguns brasileiros que já adotaram a data para comemorar 2 vezes por ano. Então, se você quer saber um pouco mais sobre o Valentine’s Day, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber, Vamos lá?!

O que é o Valentine’s day?

Nos países que falam a língua inglesa, o dia dos namorados se comemora em 14 de fevereiro. Essa comemoração é chamada de Valentine’s Day, ou seja, Dia de São Valentim.

Isso tudo porque uma crença bastante antiga dizia que é nesse dia que os pássaros escolher suas parceiras de acasalamento. Então, nesse dia também, os namorados comemoram a sua união e trocam presentes e cartões.

Tradução de Valentine’s day

Como já foi dito, a tradução de Valentine’s Day nada mais é do que Dia de São Valentim. Essa é uma data especial, que corresponde ao dia dos namorados no Brasil, porém, comemorada em outra data.


A mesma data também é comemorada em locais como Portugal e Angola. Já no Brasil a data é comemorada no dia 12 de junho, que é a véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro.

HistóriaImagem com coração escrito Valentine's Day

A história do Dia de São Valentim começou com um dia de jejum que era feito em homenagem a São Valentim. Essa associação do dia com romance e amor só passou a acontecer na Idade Média, quando a ideia de amor romântico surgiu.

O Imperador Cláudio II proibiu que os casamentos acontecessem durante as guerras. Isso porque ele afirmava que os solteiros eram melhores combatentes. No entanto, contrariando as suas ordens, o bispo Valentim seguiu celebrando matrimônios e foi condenado à morte por essa prática.

Durante sua prisão, muitos jovens lhe enviavam bilhetes e flores, afirmando que ainda acreditavam no amor. Nesse tempo ele acabou se apaixonando pela filha cega e um carcereiro e milagrosamente a moça voltou a enxergar.

Antes de ser executado, o bispo escreveu uma carta de adeus para a jovem assinando como “seu namorado” ou “seu Valentim”.

A igreja católica o considerou um mártir. A data de sua morte, que foi 14 de fevereiro, também é a véspera do lupercais. Essa é uma festa da Roma antiga em homenagem à deusa Juno e ao deus Pan. Um dos rituais dessa data era a passeata da fertilidade. Nele, os sacerdotes andavam pela cidade batendo nas mulheres com tiras de couro de cabra para que fossem férteis.

Outra versão sobre o Valentine’s Day

Existe uma outra versão que afirma que franceses e ingleses passaram a celebrar a data no século XVII. Ea celebrada a união dos namorados. Essa data foi adotada mais tarde pelos Estados Unidos, tornando-se o Valentine’s Day.

Diz-se também que o dia 14 de fevereiro é quando os pássaros escolher suas parceiras de acasalamento. É por isso que nesse dia os apaixonados da Idade Média deixavam bilhetes na porta de seus amados.

No entanto, a forma que se conhece atualmente do Valentine’s Day surgiu no ano de 1840, nos EUA. Isso, após Esther Howland conseguir vender US$ 5 mil em cartões de dia dos namorados. Essa era uma quantia bastante grande para a época. Desde então, a tradição cresceu cada vez mais e se espalhou.

Qual a diferença do Valentine’s day e do Dia dos namorados?

O Valentine’s Day é diferente do dia dos namorados como conhecemos no Brasil. Vale lembrar que Valentine’s Day é a forma mais curta de se referir ao Saint Valentine’s Day. Como já foi dito, esse é o dia de São Valentim.

Embora seja uma data muito utilizada pelos namorados, o Valentine’s Day também serve para expressar o amor não romântico e também de amizade.

No nosso país, o dia teve origem em 1948 de forma mais comercial. Isso ocorreu quando uma grande loja percebeu uma queda nas vendas no mês de junho por causa da falta de datas comemorativas. Para reverter esse quadro, um publicitário foi contratado e teve a brilhante ideia de copiar o Valentine’s Day. Ele escolheu o dia 12 de junho para essas comemorações.

Obviamente, a data não foi escolhida por acaso. Ela acontece um dia antes do dia de Santo Antônio, o Santo casamenteiro.

Data do Valentine’s dayDesenho de casal se beijando

O Valentine’s Day, como já foi dito, é comemorado no dia 14 de fevereiro, que é o dia de São Valentim.

Curiosidades

Como não poderia ser diferente, existem diversas curiosidades a respeito dessa data. Especialmente para os brasileiros, que ainda não se familiarizaram com a comemoração. Veja algumas curiosidades sobre o Valentine’s Day:

  • O Valentine’s Day é comemorado em homenagem à São Valentim. No entanto, existiram 3 santos com esse nome. Um deles foi bispo, o outro padre e o terceiro foi um mártir. O que acontece é que não se sabe qual deles está sendo homenageado pois suas histórias são obscuras e pouco comentadas.
  • Os professores são os que mais recebem cartões o Valentine’s Day.
  • Ocorre uma troca de mais de 650 milhões de cartões entre crianças de 6 a 10 anos de idade.
  • Mais de 9 milhões de pessoas presenteiam também o seu animal de estimação do Valentine’s Day.
  • Estima-se que cerca de 15% das mulheres enviem flores para si mesmas no dia dos namorados.
  • Apenas o natal ultrapassa a marca de cerca de 1 bilhão de cartões enviados no mundo todo.
  • Foi no final de 1800 que Richard Cadbury produziu sua primeira caixa de chocolates e foi para o dia dos namorados.
  • São as mulheres que compram cerca de 85% de todos os presentes no dia dos namorados.
  • São vendidas mais de 35 milhões de caixas de chocolate em formato de coração somente no Valentine’s Day.
  • Cerca de 220 mil pedidos de casamento são feitos no dia dos namorados.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o Valentine’s Day, como ele funciona, qual as origem e história. Aproveite!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *